16
Jan 12

Quando regresso à Madeira volto a ter 18 anos. Nada mudou.

Sendo assim parece que tenho duas vidas e esta não é nem de perto a minha realidade.

Sinto a minha mãe a se querer aproximar mas criei uma barreira que não deixo que ninguém ultrapasse.

Estou feliz de cá estar mas também sinto que estou distante.

Da parte divertida de "voltar" a ter 18 anos é relembrar o meu primeiro amor...e sentir o desejo de voltar a vê-lo e saber como está.

Coisas de adolescente...mas que me fazem sorrir.

 

Jinhos

publicado por Alice às 20:57

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

15
18
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

favoritos

E é isto.

blogs SAPO